14 maio 2009

A linha e o linho

Metade de maio...

Nenhum post nesse mês, isso não é muito legal. Pra quem está cheia de novidades...

Primeiro quero que reflitam a letra dessa música, se tivesse um namorado cantaria para ele, como não tenho canto para os meus sonhos, planos e metas...
Quero realizá-las!

***
É a sua vida que eu quero bordar na minha

Como se eu fosse o pano e você fosse a linha
E a agulha do real nas mãos da fantasia
Fosse bordando, ponto a ponto, nosso dia-a-dia
E fosse aparecendo aos poucos nosso amor
Os nossos sentimentos loucos, nosso amor
O ziguezague do tormento, as cores da alegria
A curva generosa da compreensão
Formando a pétala da rosa da paixão
A sua vida, o meu caminho, nosso amor
Você a linha, e eu o linho, nosso amor
Nossa colcha de cama, nossa toalha de mesa
Reproduzidos no bordado a casa, a estrada, a correnteza
O sol, a ave, a árvore, o ninho da beleza
***
Essa music é Gilberto Gil, escrita por ele em 1983.

***
Falando em amor, estou apaixonada pela minha monografia,
estou no começo do último capítulo. Falta muito. O prazo de entrega está chegando,
dez dias. Sei que vai dar certo. Assim seja. As vezes dá vontade de chorar, outras de não terminar...
***
Uma coisa é certa, irei continuar a estudar jornalismo literário, seja na pós-graduação, cursos, mestrados, doutorados...Seja aqui ou fora do meu país. Para isso preciso de determinação e a benção de Deus, claro se Ele der já estou fora de novo

***
Novidade boa: meu niver chegando, quero uma big festa bem colorida, igual a mim

***
Hoje falei ao telefone com a Esmeralda...Sempre quando falo com ela, ela diz assim:
-Pérola (kkkkkkkkkkkkkkkkkk) sempre acho graça no seu nome...

E eu no dela.

***
0

Nenhum comentário:

Postar um comentário