28 janeiro 2011

Que venham as mudanças...

Pensamentos ao léu, cheiro do mato, sabor do sertão. Hum...Ótimo cenário para refletir e colocar a cabecinha no lugar. Confusões do dia-a-dia, problemas que não valem nem a pena comentar e alguns questionamentos fazem parte e é difícil tirá-los da cabeça quando se estão bem aqui debaixo do seu próprio nariz.



Nessas horas, a melhor coisa a se fazer é ir em frente, contudo é preciso está bem com o passado. Algumas portas apesar de se encontrar fechada, podem se abrir a qualquer momento, caso isso não aconteça, outra bem melhor se abre. Ai você percebe que quando se distrai ou esquece deles por um instante, algo de inesperado, melhor que o planejado pode acontecer.


Comigo quando menos esperei vi um carro de mudanças. E daí? Bem diz a lenda tauaense (e nessa eu acredito) quando isso acontece é sinal que algo bom está por vir. É bom contar com a fé para fazer as resoluções para um ano melhor. E ele já começou... Agora é aguardar que o fluxo natural dos acontecimentos, venha a sorrir mais uma vez nos corações daquele que acredita. Isso depende de uma atitude positiva e confiante, isso depende de nós.

2 comentários:

  1. Belo texto, menina. E saiba, não importa o esteja te preocupando, logo tudo vai passar. Até um caminhão de mudança você viu, né? Sinal de que tudo ficará bem.

    Leônidas Macêdo.

    ResponderExcluir